Transplante capilar para mulheres

transplante capilar

O Transplante Capilar é a cirurgia na qual se retira cabelo de uma área onde não existe queda e implanta em outra onde existe uma rarefação.

A cirurgia não impede que a queda em curso evolua e não trata nenhuma patologia. Logo, antes de qualquer coisa, é muito importante um diagnóstico adequado sobre o tipo de calvície que está em curso naquele paciente. Este diagnóstico não necessariamente é realizado através de exames laboratoriais.

Como em qualquer patologia, o mais importante é uma boa anamnese e exame por parte do especialista, que irá formular uma suspeita diagnóstica. Somente assim pode-se solicitar exames de forma racional. Mesmo assim, exames são pedidos somente quando o médico assistente julgar necessário, pois em grande parte das calvícies, o diagnóstico é único e exclusivamente clínico.

Estabelecido que o quadro não precisa de algum tratamento específico para ser revertido ou chegando-se à conclusão de que o paciente vai se beneficiar de alguma maneira com o tratamento cirúrgico, o mesmo pode ser indicado.

Estas colocações acima se aplicam tanto em mulheres como em homens. Quais seriam então as nuances em mulheres?

As mulheres fazem também transplante capilar e em boa parte das vezes o resultado é bastante satisfatório, pois o grau de calvície não chega a ser tão acentuado quanto nos homens. Exceção para os casos em que existe uma rarefação importante em todo o couro cabeludo.

Atenção especial na hora de escolher a técnica, pois a mulher não gostaria de raspar a cabeça por nenhum motivo. O grande inconveniente da técnica FUT seria a cicatriz linear na área doadora, o que não tem o menor problema neste caso. E o maior senão da técnica FUE, seria exatamente a necessidade de ter que raspar a cabeça. Logo, na mulher opto sempre pela técnica FUT.

O que seria a técnica FUT? Seria a retirada de um fuso de pele e bulbos pilosos da região posterior do couro cabeludo, seguido de sutura tricofítica, para que não resulte em qualquer falha perceptível no local. Este fuso de tecido retirado é então trabalhado pela equipe no sentido de preparar de forma refinada, vários enxertos em cerca de 2 ou 3 unidades foliculares cada. Estes enxertos podem e devem ser um pouco mais densos que no homem, porque de uma maneira geral será implantado entremeado aos pelos já existentes. Caso exista necessidade de se refazer a linha frontal, enxertos mais delicados, com 1 UF serão preparados.

Estes enxertos de unidades foliculares (UF) são então implantado na área que necessita de maior densidade capilar, através de inúmeras e diferentes técnicas.

O resultado costuma ser muito interessante. A necessidade de mais de 1 sessão varia de acordo com o caso em questão e deve ser acordado entre as partes. FUT normalmente permite até 3 ss, com intervalo de 1 ano entre elas.

Logo após o Transplante Capilar, recomendo tratamento de Microagulhamento com delivery de ativos e LPB (laser de baixa potência), o que se soma ao resultado cirúrgico, melhorando a pega dos enxertos transplantado e dando vitalidade aos fios já existentes.

Cuidados diários com nutrição, exposição solar e suplementação quando necessário, serão discutidos.

Você está sofrendo com calvície ou queda capilar?

O Transplante Capilar pode te beneficiar!!

 

Leave a Reply

Your email address will not be published.

Xenia Portella - Doctoralia.com.br