Fios de sustentação: efeito natural, sem cirurgia

Fios de sustentação
O uso de fios de sustentação é um procedimento médico semi-invasivo, que tem como objetivo tracionar e levantar a pele. Eles oferecem algo que nunca tinha sido proporcionado antes pelos tratamentos convencionais, de forma simples e não-cirúrgica.

Como funcionam?

Trata-se de um método rápido (dura em média 30 minutos), aprovado pela Anvisa e bastante seguro. No caso específico da Sutura Silhouette, os fios são absorvíveis, com minúsculos cones bidirecionais ao longo do trajeto do fio, que ajudam a “travar” o fio, com o intuito de levantar, suspender e sustentar as camadas mais profundas da pele. Eles auxiliam na redefinição dos contornos do rosto e do pescoço. E o melhor, os resultados podem ser vistos instantaneamente! O efeito é de um lifting facial leve, com duração é de até 18 meses.

O uso de fios de sustentação de ácido poli-l-lático também é responsáveis pela estimulação do colágeno e recuperação da elasticidade da pele de forma gradativa, progressiva e natural. A principal indicação deste tratamento são os pacientes com idade acima de 35 anos, com flacidez leve a moderada, tanto no rosto como pescoço, e sem excesso de gordura no local a ser tratado. Os fios de sustentação também podem ser utilizados no corpo para tratamento do umbigo triste, braços flácidos, joelhos flácidos, coxas flácidas, entre outros. Porém, se o tecido for muito pesado, pode não obter um resultado tão interessante. Atualmente no mercado existem diferentes fios, com diferentes materiais e que variam na maneira de tracionar a pele. O Silhouette é composto de ácido poli-l-lático, um conhecido estimulador de colágeno, presente inclusive em outros produtos injetáveis com esta finalidade. Logo, ao se optar pelo seu uso, além da sustentação dos tecidos, soma-se o efeito do rejuvenescimento cutâneo.

Fios de Sustentação + Preenchimento Ácido Hialurônico + Toxina Botulínica

Apesar de todos estes procedimentos trabalharem no sentido do rejuvenescimento cutâneo, aumentando a firmeza e sustentação da face, as técnicas possuem indicações diferentes e complementares. Os fios de sustentação podem e devem ser utilizados combinados a outros procedimentos para promover melhor resultado final. O uso combinado e complementar dá um somatório de resultados muito interessante!

– Fios de sustentação: Os fios de sustentação são recomendados em casos com pouca flacidez e quando não existe a necessidade de reposição de volume. São inseridos abaixo da pele, na gordura subcutânea, para efeito lifting no rosto e pescoço. No caso da “Sutura Silhouette”, que é o fio que optei por utilizar, o material da sutura e do cone dos fios de sustentação são feitos de PLGA (Ácido Póli-l-Lático), que se dissolvem lentamente, ao longo do tempo. Estimulam a produção de colágeno, tornando a pele mais firme e mais espessa.

Preenchimento Ácido Hialurônico: preenche as regiões que encontram-se com pouco volume, suavizando rugas profundas e repondo o volume e contorno em áreas que sofrem com o envelhecimento, como as maçãs do rosto, “o bigode chinês” e as “rugas parênteses”. Existem hoje alguns pontos bem determinados e estudados para levar a uma melhor harmonia facial.

Toxina Botulínica: Reduz, elimina e previne linhas de expressão, enfraquecendo o músculo que passa a não contrair na área da aplicação. É usado, também, para reposicionamento das sobrancelhas, onde ocorre paralisação de parte do músculo frontal, e a outra porção fica mais ativada por compensação, dando um efeito lifting.

Vale salientar que a utilização de fios de sustentação não se assemelha ao procedimento cirúrgico, chamado de Facelifting. No caso da cirurgia plástica, resumidamente, utiliza-se o uso de anestésicos injetáveis, a pele é cortada e reposicionada. Já o fio é colocado somente com anestesia local, sem corte ou cicatriz. Os resultados também diferem, sendo que com uso de fios de sustentação, a tração é limitada.

As contraindicações são poucas, porém não é recomendado para paciente com doenças autoimunes como lúpus e outras, assim como infecções no local a ser colocado, ou produtos permanentes previamente colocados na região.

A conversa com seu médico é de suma importância para que não se crie falsas expectativas em relação ao tratamento. Membro titular da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP), Dra. Xênia Portella pode avaliar as melhores opções para o seu caso.

Agende um horário através do telefone: (31) 2510-6611 ou pelo Whatsapp: (31) 9 9923-6611.

Leia também:
Fio de Sustentação Sutura Silhouette
Preenchimento cutâneo | Dê um Up na Selfie!
Tratamentos para rejuvenescimento e harmonização facial
Toxina Botulínica: redução e prevenção de rugas

Leave a Reply

Your email address will not be published.

Xenia Portella - Doctoralia.com.br