Estrias nas mamas: tratamentos médicos e estéticos

estriasPode ocorrer o aparecimento de estrias após a cirurgia de colocação de próteses ou implantes de silicone. Quando bem planejada a cirurgia e o tamanho do implante, o aparecimento é exceção e guardado aos casos em que a paciente tem uma forte tendência.

Fatores locais predisponentes

Na Mamoplastia de aumento, a colocação de implantes nas mulheres com mamas pequenas, tecidos de revestimento firmes e aderidos ao tórax, apresentam um risco maior de estrias no pós-operatório se compararmos às outras pacientes. A escolha do tamanho do implante deve levar em consideração esta questão.
Em outros casos, as estrias já existiam antes da cirurgia e alargaram devido ao novo formato dos seios.

Prevenção de estrias

Alguns cuidados e tratamentos estéticos podem ajudar a evitar o surgimento e colaborar para amenizar novas estrias. Antes de qualquer coisa, é fundamental seguir criteriosamente as recomendações médicas no período pós-operatório.

Hidratar o corpo, bebendo muita água, ter uma dieta balanceada e fazer pouco exercício físico são protocolos que podem fazer toda a diferença.

Na hora da escolha do tamanho das próteses, evite volumes exagerados. Próteses grandes demais, além de estrias, como já foi dito, podem ocasionar dores nas costas e coluna.

Tratamentos estéticos para estrias

Tratamentos estéticos, como peelings, lasers, podem amenizar estrias. Porém, não devem ser realizados nas primeiras semanas do pós-operatório. Sempre converse com seu cirurgião plástico sobre quando você estará liberada para realizá-los. Os tratamentos indicados para tratamento de estrias podem ser feitos de forma isolada ou em associação, sempre com acompanhamento médico.

Skinboosters e Preenchimento
É uma técnica de uso de substâncias injetáveis, preparada com ácido hialurônico, aplicada em toda a extensão dos seios. Pode ser aplicado nas camadas subdérmicas ou nas depressões das estrias, preenchendo os espaços vazios. Essas ações ativam a renovação celular e a produção de novas fibras de colágeno. A substância atrai e mantém as moléculas de água no interior dos tecidos, criando um reservatório hídrico de longa duração, promovendo aumento da espessura, da maciez e do viço da pele. O tratamento também estimula a produção de colágeno, colaborando, desta forma, para melhorar a firmeza, elasticidade e tônus da pele.

Não necessariamente nesta ordem, seguem alguns tratamentos, que se não vão desaparecer com as estrias, irão amenizá-las bastante!

O microagulhamento é uma excelente arma contra estrias. O tratamento estimula o organismo a produzir mais colágeno e elastina, promovendo assim a restauração e a renovação da pele. O procedimento também é efetivo para atenuar cicatrizes. Esse método pode ser feito em qualquer região corporal, como rosto, colo, pescoço, mãos, braços, seios, coxas e abdome. Ele é utilizado, inclusive, no couro cabeludo para estimular a circulação sanguínea e o crescimento saudável e forte dos fios.

A carboxiterapia é um excelente tratamento para todo tipo de estrias, sejam elas brancas, vermelhas ou roxas, pois este tratamento regenera a pele e reorganiza as fibras de colágeno e elastina, deixando a pele lisa e uniforme, removendo estas imperfeições da pele.

A Luz Intensa Pulsada é uma tecnologia atinge o tecido com uma fonte de calor, que age gerando micro-lesões para, assim, estimular a regeneração do tecido elástico perdido. A luz intensa pulsada, além de tratar estrias, é ótima para cicatrizes, inclusive as de acne, além de alguns tipos de manchas e sardas.

Membro da SBCP, Dra. Xênia Portella oferece serviços médicos estéticos de aplicação de preenchimentos, toxina botulínica e harmonização facial, skinbooster, fios de sustentação, entre outros. Para procedimentos estéticos como Luz Pulsada, Carboxiterapia e Microagulhamento, recomendamos a clínica Plenna Estética Avançada. Agende uma consulta através do telefone: (31) 2510-6611 ou pelo Whatsapp: (31) 9 9923-6611.

Leia também:

Mamoplastia: tudo o que você precisa saber!

Prótese de silicone: qual é a melhor para você?

Mamoplastia de aumento: Prótese de silicone

Leave a Reply

Your email address will not be published.

Xenia Portella - Doctoralia.com.br